11/10/2017

A Longa Viagem a Um Pequeno Planeta Hostil (Wayfarers #1)

  e arquivado em    

O livro de Becky Chambers é um marco recente no universo da ficção científica. Lançado originalmente através de financiamento coletivo pela plataforma Kickstarter, ele conquistou a crítica especializada e os ainda mais exigentes fãs do gênero, sendo indicado para prêmios respeitados, como o Arthur C. Clarke Award e o Hugo Award. 

Um dos motivos do sucesso de A Longa Viagem a um Pequeno Planeta Hostil é a abordagem da história. Elementos essenciais em qualquer narrativa sci-fi estão muito bem representados, como a precisão científica e suas possíveis implicações políticas. O gatilho principal é a construção de um túnel espacial que permitirá ao pequeno planeta do título participar de uma aliança galáctica. 

Mas o que realmente torna único esse romance on the road futurístico e muito divertido são seus personagens. Instigantes, complexos, tridimensionais. A autora optou por contar a história de gente como a gente — ainda que nem todos sejam terráqueos, ou mesmo humanos. A tripulação da nave espacial Andarilha é composta por indivíduos de planetas, espécies e gêneros diferentes, incluindo uma piloto reptiliana, uma estagiária nascida nas colônias de Marte e um médico de gênero fluido, que transita entre o masculino e o feminino ao longo da vida. Temas como amizade, racismo, poliamor, força feminina e novos conceitos de família fazem parte do universo do livro, assim como cada vez mais fazem parte do nosso mundo.


Resenha:

A longa viagem ,rumo ao conhecimento!
A nave andarilha ,trabalha com perfuração de buracos de minhocas .
É um futuro distante,onde a terra não mais existe ,e humanos migraram para Marte.
Os Humanos que sempre se acharam uma raça suprema,irão aprender que são ,apenas mais uma raça em todo o universo.
A nave andarilha,é composta por uma tripulação de humanos,e de vários planetas.
Todos com aparências diferentes,que mesmo em suas diferenças ,encontram harmonia .
O livro para mim,além de ter sido muito interessante,também foi uma lição de vida.
É daqueles livros que fazem entender sobre padrões impostos pela sociedade ,sobre sexualidade,beleza etc...
Rosemary ,uma das tripulantes humanas ,aprende muito nessa viajem ,como conviver com as diferenças,e perder  todo preconceito que ela tem por outras especies .
O livro é cativante!! fiquei grudada nele,e estou sentindo a maior falta dos personagens.
A escritora super acertou em todos os detalhes.
Um dos melhores livros que li esse ano.
DarkSide é puro amor!!!

Comente com sua conta Blogger
Comente com sua conta Facebook
Comente com sua conta Google+

3 comentários

  1. Olá,confesso que livros de ficção científica não são muito o meu forte.
    Mas esse livro tem um diferencial. Lendo a sinopse e resenha,achei a história atual.E com personagens mais humanizados.
    E quando terminamos uma leitura,e os personagens fazem falta ,como te fizeram,quer dizer que realmente o livro foi genial! :)

    Boa dica! 📕❤

    ResponderExcluir
  2. Dayse!
    Gosto muito de livros de ficção científica e cm autora tão renomada, deve ser uma delícia a leitura.
    Sem contar com a grande lição contra o preconceito e com a convivência de humanos com povos de vários planetas diferentes, deve ser uma verdadeira viagem carregada de ação e emoção.
    Fiquei bem interessada pela leitura!
    Um feriado alegre e feliz!
    “Não há nada que faça um homem suspeitar tanto como o fato de saber pouco.” (Francis Bacon)
    Cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA DE OUTUBRO 3 livros, 3 ganhadores, participem.

    ResponderExcluir
  3. Oi, Day!
    Não costumo ler ficção científica, em se tratando desse gênero prefiro assistir do que ler algo sobre esse gênero literário, mas achei interessante a trama de A Longa Viagem a Um Pequeno Planeta Hostil, gostei dessa diversividade em relação aos vários tipos de personages, e se eu tiver a oportunidade de ler esse livro vou ler sim, então, valeu pela dica. Abraços.!

    ResponderExcluir



PRA CIMA!