31/08/2016

sorteio e top comentarista do mês!!

  e arquivado em    

Hoje é dia dos resultados dos sorteios!!
Quem ganhou o livro do sorteio foi:

E de Top comentarista do Mês foi:

Seus mimos serão mandados e fiquem atenta que setembro ta chegando amanhã e vai ter mais ^^
obrigada!!


30/08/2016

Resenha Cidade dos Etéreos

  e arquivado em    


Cidade dos Etéreos dá sequência ao celebrado O orfanato da srta. Peregrine para crianças peculiares, em que o jovem Jacob Portman, para descobrir a verdade sobre a morte do avô, segue pistas que o levam a um antigo lar para crianças em uma ilha galesa. O orfanato abriga crianças com dons sobrenaturais, protegidas graças à poderosa magia da diretora, a srta. Peregrine.

Neste segundo livro, o grupo de peculiares precisa deter um exército de monstros terríveis, e a srta. Peregrine, única pessoa que pode ajudá-los, está presa no corpo de uma ave. Jacob e seus novos amigos partem rumo a Londres, cidade onde os peculiares se concentram. Eles têm a esperança de, lá, encontrar uma cura para a amada srta. Peregrine, mas, na cidade devastada pela guerra, surpresas ameaçadoras estão à espreita em cada esquina. E, além de levar as crianças a um lugar seguro, Jacob terá que tomar uma decisão importante quanto a seu amor por Emma, uma das peculiares.

Telecinesia e viagens no tempo, ciganos e atrações de circo, malignos seres invisíveis e um desfile de animais inusitados, além de uma inédita coleção de fotografias de época — tudo isso se combina para fazer de Cidade dos etéreos uma história de fantasia comovente, uma experiência de leitura única e impactante.

A aventura continua!! Agora que Jacob,já sabe que é um peculiar,as coisas começam a se encaixar e sua missão está apenas começando!!
Jacob decide ficar e lutar para ajudar a trazer de volta a Srt Peregrine e as coisas só complicam!!
É um livro muito fofo,assim como o primeiro da trilogia,porém achei esse mais parado ,e tive preguiça algumas vezes...Porém depois a estória dá uma alavancada e as coisas melhoram^^
Eu super recomendo,To doida pra ler o desfecho dessa trilogia.


26/08/2016

Resenha Brasil nunca mais

  e arquivado em    

Um grupo de especialistas dedicou-se durante 8 anos a reunir cópias de mais de 700 processos políticos que tramitaram pela Justiça Militar, entre abril de 64 e março de 79. O resumo desta pesquisa está neste livro. Um relato doloroso da repressão e tortura que se abateram sobre o Brasil. 

RESENHA
Esse livro foi bem difícil de ler...não porque seja chato ou cansativo,e sim porque ele é pesado demais,forte demais.
Um livro que eu acho que deveria ser leitura obrigatória nas escolas,pois se fosse,não veríamos tantos jovens falando tanta coisa imbecil de um tempo que eles não tem nem ideia do que foi.
Um livro que jamais faria uma pessoa ser fã de criaturas como BOLSONARO,que tanto idolatra um dos maiores torturadores que esse país teve,que foi o coronel Brilhante Ustra.
Hoje ,vemos o quanto somos livres,e o quanto pessoas que como meu pai,lutaram e sofreram por um país livre da ditadura militar.
O livro traz documentos,depoimentos que te deixará abismado de até onde vai a bestialidade humana...e o tanto que podemos superar.
O livro é forte,mais acho que deve ser lido...pois quando não conhecemos a história do nosso país ,essas bestialidades pode voltar.

23/08/2016

almofada de leitura

  e arquivado em    

Eu amo coisas fofinhas ,e achei umas almofadas de leitura que são uma gracinha!!
Para que servem essas almofadas?? Para facilitar a leitura ,quando estamos em certas posições para ler^^
A grande maioria delas vem com bolsos,marcadores e todas tem aquele elástico que prende o livro para prender o livro.
Vejam as que eu achei para vender em lojinhas virtuais:

essas são da FERNANDA ARTESANATOS


essas da loja TOQUE DA MARI

 Gente,eu achei um show de fofura essas almofadas!!Já quero!!
espero que gostem dessas coisinhas fofas e feitas com tanto capricho.




22/08/2016

Cores de Outono (Trilogia Cores #Vol. 1)

  e arquivado em    


O inesperado, o impossível, o destino...

Quem ama escolhe seus caminhos, vence o medo, ultrapassa a razão, duela com a dúvida entre o certo e o fácil para seguir seu coração.
Melissa encontrou em um olhar as revelações de toda uma vida e longe da lógica escolheu o caminho confuso, mas surpreendente do amor. Ela chegou à pequena cidade da montanha com a responsabilidade de cuidar de Alice, sua irmã caçula, esperando uma vida simples. Mas se viu envolvida por Vincent, um estranho arrogante, dono de irresistíveis olhos turquesa que vai levá-la através da sombra e da luz para revelar surpresas inimagináveis de um Mundo Mágico perigoso e fascinante. A cada encontro este homem misterioso amedronta e encanta; desperta sentimentos e a faz duvidar de sua coragem. Mas, antes que Melissa seja arrebatada por esse amor, ela precisa enfrentar elfos, magos e intrigas em um mundo inóspito que testará seu coração.

Cores, de outono é o primeiro volume de uma saga mágica que vai instigar emoções e paixões.

RESENHA
Bom...depois de ouvir muito falar sobre essa trilogia,decidi ler o primeiro livro dela,CORES DE OUTONO.
O livro fala da Melissa e sua irmã Alice que é uma criança de 5 anos,ambas perderam recentemente a mãe e estão muito abaladas....Elas agora estão morando com avô George em uma cidade pequena do interior de São paulo.
O livro é bem escrito,contexto muito bom,porém não me agradou em muitas coisas...
Uma delas é os personagens que parecem ter pulado de crepúsculo,Melissa é chata e chorona,e o galã romântico da trilogia parece Eduard Cullen ,misturado com o Christian Grey de cinquenta tons de cinza...
Outros pontos que achei confuso ,é os personagens viverem no Brasil e comerem panquecas doces no café da manhã e sanduíches no almoço...achei meio americano o livro...
Enfim...depois vira harry Potter e coisas fantásticas começam a acontecer...
Eu li o livro até o final,porém fiquei enfadada em alguns capítulos.
Pra quem gosta dessas histórias ,eu recomendo a leitura,pois como falei ,é bem escrito.
Eu não sei se vou continuar a trilogia...talvez sim,porque gosto de ler até o final,quem sabe não posso muda minha opinião??
Mais ,recomendo sim o livro.

18/08/2016

Amor plus size^^

  e arquivado em    

Gente ,acabei de ver uma postagem e uma resenha sobre esse livro e achei que deve ser muito bom!!
Nestes tempos de tanto preconceito ,com tanta campanha para ter corpo perfeito...o que é ter corpo perfeito??
Bom,achei que esse livro é muito bom para o empoderar as mulheres gordas,que se culpam na maioria das vezes ,por não fazer parte dessa conversa de padrão de beleza.
Eu sou gorda e com certeza ,vou ler esse livro sim!!!

CONFIRAM:

Maitê Passos é uma garota linda, de dezessete anos e mais de cem quilos. Ela passou a infância e a adolescência sendo resumida ao peso. Mas e quando é justamente esse o fator que pode mudar completamente a sua vida?
Em meio ao turbilhão do ensino médio, com uma mãe obcecada por dietas, um crush antigo por Alexandre, o cara mais gato da escola, e uma amizade deliciosa com Isaac, fotógrafo amador, Maitê vai descobrir que não precisa ser igual a todas as outras meninas para ser feliz. 
Neste romance corajoso e cheio de reviravoltas, Larissa Siriani narra a história de uma jovem descobrindo seu lugar no mundo, construindo uma jornada incrível de autoconhecimento, aceitação e empoderamento.

Sobre a autora:


Larissa Siriani é uma paulistana que nunca fez a menor ideia do que queria fazer da vida - até começar a escrever. Realimentando o sonho de infância, começou a escrever contos e pequenos livros, e então dando lugar a estórias cada vez maiores, até decidir que queria realmente ser escritora.
Hoje é formada em Cinema e além de escrever, é professora de inglês, comanda um vlog literário que leva seu nome e produz uma websérie atualmente em exibição no Youtube inspirada em Senhora, um dos seus clássicos preferidos da literatura brasileira. Vive em São Paulo com os pais, dois irmãos mais velhos e três cachorros, e sonha em viajar o mundo, conhecer seu príncipe encantado e encabeçar a lista de bestsellers (não necessariamente nessa ordem).
site AQUI
Canal no you tubeaqui
Vejam o vídeo sobre o livro:
Quero ler já!!!



17/08/2016

Resenha Cartas para um filho

  e arquivado em    

Juliana achou que a aventura da gravidez era o máximo que ela poderia aguentar. 
Porém, o primeiro ano da vida do seu filho demonstrou o contrário. 
Cheia de alegrias e dúvidas que toda mãe de primeira viagem passa, Juliana ainda precisa lidar com o fato de o Anderson, pai do seu filho, estar muito longe. 
Uma história linda e emocionante, que toda mulher necessita ler.

RESENHA

A continuação do livro : cartas para um pai...
O livro começa com a tão sonhada chegada do bebê da Juliana!!
O momento que ela mais aguardava na vida ,enfim chega!!
O livro ,conta detalhadamente o começo da vida de um bebê com sua mãe ,detalhes ricos e emocionantes que só quem é mãe se emocionar ainda mais.
O livro é de uma delicadeza extrema,eu chorei em quase todos os capítulos ,no meu caso relembrando pelas palavras do livro ,os momentos que eu tive com a chegada dos meus filhos.
A personagem Juliana,me fez lembrar muito meu passado,pois também fui mãe solteira e sofri muito com algumas coisas...
Mas assim como ela,meu filho também era minha vida,meu melhor amigo e meu tesouro.
Hoje meu filho tem 18 anos ,e nossa conexão ainda é mágica.
Eu super recomendo esse livro!! é doce ,calmo e cheio de amor.


"Acho que, quando a gente se torna mãe, o universo nos bonifica com alguma coisa que compreende tudo que se passa com os nossos filhos, mesmo que eles não tenham como dizer." (from "Cartas Para Um Filho" by Janaina Rico)

16/08/2016

Top Comentarista do mês!!

  e arquivado em    

Oi!! vamos de novidades?? Pois então vamos lá!!
No blog ,lá em baixo no rodapé ,temos um contador de comentários!!
E quem tiver mais pontinhos ali ,irá ganhar no fim do mês um brinde super fofo^^
Aqui pessoal : lá em baixo vcs vão ver esse contador:

E vamos ao brinde do mês:
Botons do Snoop^^
Não esqueçam de quando comentar,deixar seu Blog ou Email para que eu possa me comunicar e enviar os Botons ok?
Esses são deste Mês de agosto.
Valendo!!



Resenha: A Fênix islamita

  e arquivado em    


Uma contribuição fundamental para entendermos o que está acontecendo no Oriente Médio.

A expert em terrorismo Loretta Napoleoni demonstra que, embora no quadro pintado pelos meios de comunicação ocidentais o Estado Islâmico figure como um grupo que não passa de um simples bando de assassinos num período de sorte, na verdade a organização está propondo um novo modelo de criação de Estados nacionais. 

Empreendendo uma guerra de conquista tradicional com o objetivo de criar uma versão moderna do Califado, o Estado Islâmico se utiliza de moderna tecnologia para recrutar combatentes e levantar recursos financeiros enquanto mobiliza a população para a administração cotidiana do novo estado. Renascido das cinzas das fracassadas empreitadas jihadistas, o Estado Islâmico vem demonstrando uma profunda compreensão do funcionamento da política no Oriente Médio. Não se trata de mais uma rede terrorista, mas um inimigo implacável, antenado com a atual desordem mundial. 

“Ignorar esses fatos é mais do que adotar uma atitude ilusória e superficial — é perigoso. O ditado ‘conheça seu inimigo’ continua a ser o mais importante a considerar no combate ao terrorismo”, alerta Napoleoni. 

RESENHA

O livro é o relato da jornalista política Loretta Napoleoni
sobre o estado islamico,é um livro de leitura simples que dá ao leitor mais leigo,uma visão da criação ,objetivos e bases ao qual o estado islâmico foi formado.
Um livro que nos mostra o que o fanatismo político e religioso pode fazer de extremo para obter seus alvos .
O interessante é todo o contexto do grupo,que é cruel e ao mesmo tempo age como bálsamo para quem os apoia nas suas comunidades.
Ao contrário da AL QAEDA,eles são organizados e não querem como inimigo os estados unidos,eles querem um estado islamico reconhecido e declarar guerra a todos infiéis que se opuserem ao regime e a liderança de seu califa ABU BAKR AL-BAGHDADI
TRECHO DO LIVRO:
Abu Bakr al-Baghdadi é o primeiro líder islâmico, desde o 31º. Califa, Abdülmecid I (1823-61), a reivindicar esse título e a buscar a materialização da nostalgia de um mundo perdido, uma sociedade associada com o período áureo do Islã, quando, sob a liderança dos primeiros quatro califas, sucessores do profeta, o Islã se expandiu territorialmente e prosperou culturalmente.61" (from "A fênix islamista: O Estado Islâmico e a reconfiguração do Oriente Médio" by Loretta Napoleoni)

Eles sempre tocam na tecla que: o ocidente só vê o lado ruim deles:
"“Vocês levam em conta apenas as execuções”, explica um membro do EI. “Mas toda guerra tem execuções, traidores, espiões. Nós criamos cozinhas comunitárias gratuitas, reconstruímos escolas, hospitais; nós restabelecemos o fornecimento de água e energia; nós bancamos o fornecimento de comida e combustível. Enquanto as Nações Unidas não conseguiram nem fornecer ajuda humanitária, estávamos vacinando crianças contra a poliomielite. O fato é que algumas ações são mais visíveis do que outras. Para cada ladrão que punimos, vocês punem centenas de crianças com a sua indiferença.”69" (from "A fênix islamista: O Estado Islâmico e a reconfiguração do Oriente Médio" by Loretta Napoleoni)

O que mais me chama a atenção no grupo,é sua capacidade de divulgar seus feitos( bárbaros)com a ajuda das redes sociais,quem pensa que eles são como os seguidores do Bin laden,eles são totalmente a favor da tecnologia para divulgar e recrutar novos seguidores no mundo inteiro.


Al-Baghdadi e seus seguidores entendem a importância da vida em ambientes virtuais e nossa tendência em agir irracionalmente ao lidarmos com questões misteriosas e terrificantes, tais como o terrorismo. Numa demonstração de perfeita compreensão de técnicas de análise de instrumentos de comunicação e seus efeitos, eles investiram uma quantidade extraordinária de energia em redes sociais para divulgar profecias assustadoras, sabedores de que elas produzirão um efeito que se realizará por si mesmo. Eles parecem também perfeitamente conscientes de que, num mundo em que a mídia funciona sem parar e transformou jornalistas e leitores em viciados em acontecimentos chocantes e extraordinários, a veracidade de um relato tem menos valor do que sua capacidade de chocar." (from "A fênix islamista: O Estado Islâmico e a reconfiguração do Oriente Médio" by Loretta Napoleoni)
E eles possuem seguidores no mundo todo:

"Segundo consta, o Estado Islâmico atraiu para suas fileiras 12 mil combatentes estrangeiros, 2.200 dos quais provenientes da Europa.86 Esses números não levam em consideração aliados e simpatizantes no exterior. Por exemplo, enquanto se estima que 60 australianos estejam combatendo na Síria e no Iraque junto com o EI, acredita-se que seja de 100 o número de aliados internos.87" (from "A fênix islamista: O Estado Islâmico e a reconfiguração do Oriente Médio" by Loretta Napoleoni)


Enfim...eles estão e são organizados e não só são uma nova modalidade de terrorismo e sim um califado em andamento ,como muito ignora o ocidente ,achando que eles apenas são terroristas.
Infelizmente vivemos em um mundo cheio de perseguição e injustiças,enquanto eles fazem essas atrocidades,as autoridades mundiais parecem fechar os olhos e ignorar até algo muito ruim acontecer.
Depois do que os estados unidos fez no iraque,atacando sem provas ,apenas por domínio do petróleo e colocando seus soldados para morrer em uma guerra insana ,nos vemos o quanto o mundo ta em desordem.
A única coisa que pode nos salvar ,é o conhecimento ,a leitura e saber distinguir o islam do terror com o verdadeiro islam que prega a paz .
O pior de tudo é: Eles estão se espalhando no mundo,lobos solitários e infelizmente muitos jovens tem entrado nessa organização ,arruinando suas vidas e pondo em perigo o mundo.

"Nem todos os guerrilheiros são movidos pelo sonho de criação de um novo país muçulmano. Para muitos jovens ocidentais, unir-se à jihad ou aos rebeldes é uma aventura, uma espécie de colônia de férias militar. Esses são os mais perigosos, pois não sentem nenhuma compaixão pela população local e nenhuma compreensão do sofrimento com que ela padece." (from "A fênix islamista: O Estado Islâmico e a reconfiguração do Oriente Médio" by Loretta Napoleoni)
Minhas considerações sobre o livro,são que o livro é bem escrito,atual e deveria ser leitura obrigatória a todos que se interessam por política e o futuro do nosso mundo.
Livro fácil de entender e é uma pequena introdução do que é o ESTADO ISLÂMICO .

15/08/2016

resenha : Corra,Abby ,Corra!!

  e arquivado em    


Na corrida pelo amor, Abby tem que ir com tudo

Abby nunca foi de se preocupar com hábitos saudáveis. Aos 28 anos, ela acaba de fundar a própria empresa de web design, e sua rotina parece consumir todo o seu tempo. Ela não tem a menor ideia de quando foi a última vez que deu um beijo apaixonado. E o pior: mal tem tempo para comer, malhar então... nem pensar.
Mas quando sua melhor amiga a convida para participar de um clube de corrida, a jovem empresária encontra uma motivação: Oliver, charmoso e bem-sucedido médico que parece estar interessado em suas investidas. Seu primeiro dia de corrida, entretanto, não acaba como imaginou e ela jura que nunca mais vai correr. Até o dia em que sua assistente Heidi revela ser portadora de esclerose múltipla. A partir daí, Abby vê nas corridas uma forma de arrecadar fundos para a pesquisa da cura para a esclerose.
Só que ela precisa de muito fôlego para gerenciar a empresa, lidar com sua operadora de seguro para arcar com o prejuízo de um motoqueiro que ela atropelou por acidente, e ainda conquistar o Dr. Sexy. Mas o que Abby não imagina é que pode estar correndo atrás do homem errado...

RESENHA:
O livro é muito engraçado!! Acho que nunca ri tanto lendo um livro.
Abby é super desastrada e divertida!
Sabe daqueles livros que você ri a cada página??
Ando ficando fã da Jane Costello,pois seus livros são maravilhosos!!
Quando li esse livro,acho que demorei só 2 dias porque,a cada página era uma risada nova!!
Simplesmente espetacular!! recomendo.

13/08/2016

Resenha Antes de partir

  e arquivado em    

Na véspera do que esperava ser uma triunfante comemoração de três anos livre do câncer, Daisy, 27 anos, sofre um golpe devastador: seu médico lhe diz que a doença está de volta, desta vez ainda mais agressiva. Tendo apenas de quatro a seis meses de vida, ela está apavorada com o que será de seu marido, Jack, quando não estiver mais lá para cuidar dele. Esse medo tira seu sono, até que uma solução lhe vem à mente: ela precisa encontrar outra mulher para ele. Com uma determinação singular, Daisy visita parques, cafeterias e sites de relacionamento à procura do par perfeito para Jack. Mas, à medida que ela avança em sua busca, ela se vê forçada a decidir o que é mais importante no curto tempo que lhe resta: a felicidade de seu marido ou a sua própria?

RESENHA:
Quando vi o livro no skoob,lembrei imediatamente do livro, A GAROTA QUE VOCÊ DEIXOU PARA TRÁS...
Pois achei até a capa no estilo ^^
Bom...vamos lá...
O livro conta a história de Daisy(meu nome) srrsrs
Ela teve câncer de mama a alguns anos e desde então,mantém uma rotina saudável com boa alimentação,yoga e é super focada em seus estudos da faculdade.
Ela tem um marido maravilhoso!! um pouco desorganizado...mais um marido que a ama.
A vida deles dentro da normalidade é maravilhosa até:  QUE O CÂNCER VOLTA...
E tudo na vida de Daisy muda...porque desta vez não há esperança para ela...quanto tempo de vida ela tem?? meses? um ano no máximo??
E como tudo vai ficar depois que ela se for?? E seu marido tão bagunceiro e dependente ,como vai ficar?
A história vai se desenrolando no drama que esse casal agora vive,como será depois?
Muitas coisas acontecem também neste tempo,coisas que abalam a vida do casal...
Porém o livro segue...e o final??
Haaa...o final é daqueles que você chora...pensa...chora...
Eu chorei litros com esse livro,mais também pude aprender coisas valorosas nele: como devemos viver um dia de cada vez e não se preocupar tanto com o amanhã que talvez nem chegue...
Recomendo a leitura,eu particularmente gostei muito.

Se você gosta da Jojo Moyes e da kristin hannah ,vai curtir a leitura.



11/08/2016

resenha : As cores da Vida

  e arquivado em    

Uma arrebatadora história sobre irmãs, rivalidade, perdão e, em última análise, o que significa ser uma família. As irmãs Winona, Aurora e Vivi Ann perderam a mãe cedo e foram criadas por um pai frio e distante. Por isso, o amor que elas conhecem vem do laço que criaram entre si. Embora tenham personalidades bastante diferentes, na verdade são inseparáveis. Winona, a mais velha e porto seguro das irmãs, nunca se sentiu em casa no rancho da família e sabe que não tem as qualidades que o pai valoriza. Mas, sendo a melhor advogada da cidade, ela está determinada a lhe provar seu valor. Aurora, a irmã do meio, é a pacificadora. Ela acalma as tensões familiares e se desdobra pela felicidade de todos – ainda que esconda os próprios problemas. E Vivi Ann é a estrela entre as três. Linda e sonhadora, tem o coração grande e indomável e é adorada por todos. Parece que em sua vida tudo dá certo. Até que um forasteiro chega à cidade... Então tudo muda. De uma hora para a outra, a lealdade que as irmãs sempre deram por certa é posta à prova. E quando segredos dolorosos são revelados e um crime abala a cidade, elas se veem em lados opostos da mesma verdade.

RESENHA:
O que falar dos livros da Kristin Hannah? Só que certamente você vai chorar em algum momento da 
leitura!!
Esse não é nada diferente...emoção do início ao fim!!
O livro conta a história de uma família, composta por 3 irmãs e um pai amargurado.
As irmãs Grey se uniram mais que tudo,depois que na infância perderam sua mãe e seu pai começou a beber.
Aurora sempre protetora,Winona a mais inteligente e a que tinha um grande problema de auto-estima por ser gorda.
Vivi Ann a irmã,mais nova,linda selvagem e amável ,sempre perto do pai ,sendo sua preferida.
Com o tempo elas se tornam adultas e cada uma segue sua vida...
uma casa,outra vira uma advogada famosa e a outra se dedica ao rancho da família.
Tudo muda quando um antigo amor de uma das irmãs volta a aparecer em cena...
Inveja,ciúmes e sentimentos mesquinhos podem acabar de vez com a união da família Grey...
Bom...poderia contar aqui muito mais...porém perderia toda a descoberta desta maravilhosa trama...
O que posso contar é que:
O amor é um sentimento que que pode transformar tudo!
E que por mais que as pessoas possam se magoar,o amor e o tempo cura qualquer ferida.
Eu super recomendo esse livro ,como todos que já li da autora.
É marcante,emocionante ,daquelas histórias que nunca mais iremos esquecer.
Vejam aqui outras obras da autora.

10/08/2016

Os Bebês de Auschwitz

  e arquivado em    

Em 1944, Priska, Rachel e Hanka chegaram a Auschwitz determinadas a sobreviver e a defender a vida dos bebês que levavam em seus ventres. Em Os bebês de Auschwitz, Wendy Holden narra as histórias dessas jovens judias que resistiram bravamente ao horror dos campos de concentração e aos trabalhos forçados na esperança de conhecerem seus filhos. Além de investigar o passado, Holden acompanhou o reencontro de Eva, Mark e Hana, os três sobreviventes nascidos dentro das instalações nazistas.

Holden equilibra a pesquisa rigorosa e a escrita sensível para reconstituir as vidas de Priska, Rachel e Anka antes de 1938, quando Hitler começou a impor restrições aos judeus. Entre o medo do avanço Reich e a esperança pelo fim da guerra, essas mulheres viveram seus primeiros amores, se casaram e sonharam com o futuro de suas famílias apesar do futuro sombrio que se desenhava.

Priska e Tibor, Rachel e Monik, e Hanka e Bernd fizeram tudo ao seu alcance para permanecerem juntos, mas com a deportação para Auschwitz-Birkenau os casais foram separados. Cada uma das mulheres se viu responsável por lutar por sua vida e pela de seu bebê. Elas receberam caridades inesperadas, foram vistas com desconfiança e testemunharam o melhor e pior do que o ser humano é capaz.

Wendy Holden recorreu a entrevistas, cartas e diários, criando um relato comovente, que detalha a eficiência com a qual os nazistas exterminaram milhares de judeus e mostra como pequenos gestos de solidariedade permitiram que várias vidas fossem salvas. Mais que um relato sobre o horror da guerra, Os bebês de Auschwitz é narrativa impressionante sobre o amor materno, a persistência, a coragem e a gratidão.

RESENHA

Os Bebês de Auschwitz

Eu amo ler livros sobre a segunda guerra mundial,então quando cheguei na livraria ,a vendedora que já me conhece,me indicou esse livro ,e só de ler o título me chamou atenção .
Para onde iam os bebês que nasciam em Auschwitz??
Foi com essa curiosidade que comecei a leitura...
O livro nos conta a história real de 3 mulheres que chegam ao campo de concentração grávidas!!
E cada uma em sua agonia e auto-preservação tentam de qualquer maneira se apegar aqueles filhos que crescem em seus ventres atrofiados pela fome e dor.
As histórias se entrelaçam de uma forma ,e o final é surpreendente!!
Por ser uma história real,com fotos e datas,me emocionou ainda mais.
O livro é muito emocionante e merece ser lido!!
super recomendo.


07/08/2016

resenha dos livros A gata do Dalai Lama livro 1,Livro 2 Arte de ronronar

  e arquivado em    

Diferentes nomes, muitas experiências e uma rotina dividida entre elevação espiritual, celebridades e situações prosaicas. “A gata do Dalai Lama” é um delicioso e delicado relato de uma felina bastante especial, dona de histórias igualmente singulares e senso de humor. Salva da morte pelo líder espiritual tibetano mais conhecido do planeta, ela passa a usufruir – sem cerimônias – da intimidade de Sua Santidade, de seus ensinamentos e sabedoria. A proximidade com Dalai Lama lhe rende também inusitada notabilidade social, status que atrai curiosidade e abre portas em ambientes diversos. Assim como na vida, a pluralidade é elemento fundamental deste livro. Mordaz, vaidosa e levemente arrogante, a gata usa a inegável capacidade de adaptação, comum aos felinos, para driblar situações desfavoráveis e manter-se no centro de todas as atenções – e afetos. Em meio a episódios bem-humorados e reflexões existenciais, a obra não resvala na pieguice nem cede à prosa pueril de tantos outros títulos que fazem a busca do autoconhecimento parecer uma interminável abordagem de clichês.

  RESENHA

 Eu fiquei super apaixonada por esse livro!! A Gata do Dalai Lama é daqueles livros simples e cativante^^ Não consegui parar de ler !! É muito fofa a visão de uma gatinha,sobre a vida,questões profundas e reflexivas. A criatividade do autor é maravilhosa!! Aprendi valiosas lições para minha vida com esse livro. Não gosto muito de escrever sobre a história,pois acho que tira o gostinho da descoberta. Mais posso afirmar ,que é um livro rico e encantador!!
Antes de partir para uma turnê de ensinamentos nas Américas, o Dalai Lama dá um desafio para sua amada felina, GSS (a gata de Sua Santidade): descobrir a verdadeira causa da felicidade. Mal sabia ela em que tipo de aventura esse desafio a levaria! Uma perseguição de arrepiar os pelos pelas ruas de McLeod Ganj leva para uma revelação inesperada sobre os perigos da auto-obsessão. Um encontro com o mítico Iogue TarchIn inspira uma descoberta marcante sobre seu passado — descoberta com implicações dramáticas para todos nós. Conversas entreouvidas de psicólogos, altos lamas e escritores famosos que se reúnem no Café & Livraria do Himalaia a ajudam a explorar a convergência entre ciência e budismo no assunto vital da felicidade. Com sabedoria, de modo caloroso e com um toque de ousadia, A gata do Dalai Lama e a arte de ronronar é um charmoso lembrete de porque GSS está se tornando uma das mais amadas gatas de todo o mundo. Então qual é a verdadeira causa do ronronar? O Dalai Lama sussurra esse segredo em seu retorno — apenas para os ouvidos de GSS e daquelas com quem ela tem uma boa conexão cármica. Isso, querido leitor, quer dizer você!

 RESENHA:

 A continuação é simplesmente tão fantástica como o primeiro livro!! GSS continua suas aventuras de gata ,e nos ensinando o melhor da vida!! Pude refletir muito sobre minha vida,escolhas e hábitos que tenho sustentado ...E resolvi mudar muita coisa após essa leitura fantástica!! Budismo para leigos,é assim que defino o livro!! Você aprende muito com esse livro. "A felicidade não é para ser encontrada no passado. Nem na tentativa de reviver as lembranças, embora isso pareça sedutor. Só pode ser vivenciada neste momento, aqui e agora." ― de "A gata do Dalai Lama e a arte de ronronar" Super recomendo!! Um pouco do autor:
David Michie

04/08/2016

Sorteio Somente sua

  e arquivado em    

Vamos participar do sorteio?? então vamos sortear no dia trinta e um de julho esse livro da Sylvia Day.
Nasceu em 1973, em Los Angeles. Publicou romances dos mais variados gêneros, muitos dos quais entraram para a lista de mais vendidos do New York Times, com três pseudônimos diferentes. Mãe de dois filhos, trabalhou como tradutora do russo para o serviço de inteligência do Exército dos Estados Unidos.
Para participar vai aqui:https://www.facebook.com/Cartas-para-Mim-328664703876475/?sk=app_154246121296652&app_data=%7B%22id%22%3A577333%7D Sigam as regras e boa sorte!! O livro será enviado por mim assim que o ganhador mandar seu endereço.

Novo Livro do Neil Gaiman : Alerta de Risco

  e arquivado em    

Quem ama o Neil Gaiman?? eu sou apaixonada por seus livros!! E está vindo mais um quentinho por aí!! Não vejo a hora de comprar essa gracinha^^
É com palavras assim que Neil Gaiman apresenta Alerta de risco, uma rica coletânea de histórias de terror e de fantasmas, ficção científica e conto de fadas, fábula e poesia que exploram o poder da imaginação. Em “História de aventura”, Gaiman pondera sobre a morte e sobre como, ao morrer, as pessoas levam consigo suas histórias. No suspense “Caso de morte e mel”, ele nos presenteia com sua versão do mundo de Sherlock Holmes. Em “A Bela e a Adormecida”, duas conhecidas personagens de contos de fadas têm suas histórias entrelaçadas em uma releitura bastante original. “Hora nenhuma” é um conto muito especial sobre Doctor Who, escrita para o quinquagésimo aniversário da série de tevê, em 2013. E há também um conto escrito exclusivamente para esta coletânea: “Cão negro”, que revisita o mundo de Deuses americanos ao narrar um episódio que envolve Shadow Moon em um bar durante seu retorno aos Estados Unidos. Um escritor sofisticado cujo gênio criativo não tem paralelos, Gaiman hipnotiza com sua alquimia literária e nos transporta para as profundezas de uma terra desconhecida em que o fantástico se torna real e o cotidiano resplandece. Repleto de estranheza e terror, surpresa e diversão, Alerta de risco é um tesouro que conquista a mente e agita o coração do leitor. sobre o autor:
Neil Gaiman nasceu em 1960, na cidade de Portchester, Inglaterra. Desde pequeno, demonstrou sua ligação com os quadrinhos. Seu trabalho mais conhecido é "Sandman", que o imortalizou entre os fãs de HQs. Por 75 números, Gaiman e "Sandman" foram se tornando cada vez mais famosos. A série tornou-se o carro-chefe do selo Vertigo, destinado a um público geralmente adulto que não queria mais saber de super-heróis. O autor ganhou reconhecimento da crítica ao receber prêmios ao redor do mundo, entre eles o prestigiado World Fantasy Award, geralmente concedidos apenas a obras em prosa. Entre outros vários trabalhos com HQs, romances e roteiros, Gaiman publicou os livros "Coraline", "Deuses Americanos" e "O Livro do Cemitério".

03/08/2016

Lançamentos!!

  e arquivado em    

Eu vou ver o SKOOB e saiu de la maluca!! É tanta coisa boa que vem por ai!! e que também já lançou ,que coloco tudo na minha estante pra não esquecer de comprar .
Vejam as belezinhas que coloquei na minha estante virtual de futuras leituras:


Biblioteca de Almas (O lar da srta. Peregrine para crianças peculiares #3)


Biblioteca de Almas é o último volume da celebrada trilogia iniciada com O lar da srta. Peregrine para crianças peculiares. Neste terceiro livro, depois de sofrer com a morte do avô, conhecer crianças com habilidades peculiares em uma fenda temporal e partir pelo mar em uma busca desesperada para curar a srta. Peregrine, Jacob vai finalmente enfrentar a inevitável conclusão dessa turbulenta jornada. 
Jacob descobre uma poderosa habilidade e não demora a explorá-la para resgatar os amigos peculiares e as ymbrynes da fortaleza dos acólitos. Junto com ele vai Emma Bloom, uma menina capaz de produzir fogo com as mãos, e Addison MacHenry, um cão com faro especial para encontrar crianças perdidas.
Partindo da Londres dos dias atuais, o grupo vai percorrer as ruelas labirínticas do chamado Recanto do Demônio, uma complexa fenda temporal que abriga todo tipo de vícios e perversões. É ali que o destino de peculiares de toda parte será decidido de uma vez por todas. Tal como os volumes anteriores da série, Biblioteca de Almas une fantasia, aventura e sombrias fotografias de época para criar uma experiência de leitura única.

(JÁ LI O PRIMEIRO E SEGUNDO DA TRILOGIA,MALUCA PRA LER ESSE)

O navio das noivas



Austrália, 1946. É terminada a Segunda Guerra Mundial, chega o momento de retomar a vida e apostar novamente no amor. Mais de seiscentas mulheres embarcam em um navio com destino a Inglaterra para encontrar os soldados ingleses com quem se casaram durante o conflito. 
Em Sydney, Austrália, quatro mulheres com personalidades fortes embarcam em uma extraordinária viagem a bordo do HMS Victoria, um porta-aviões que as levará, junto de outras noivas, armas, aeronaves e mil oficiais da Marinha, até a distante Inglaterra. As regras no navio são rígidas, mas o destino que reuniu todos ali, homens e mulheres atravessando mares, será implacável ao entrelaçar e modificar para sempre suas vidas. 
Enquanto desbravam oceanos, os antigos amores e as promessas do passado parecem memórias distantes. Ao longo da viagem de seis semanas — apesar de permeada por medos, incertezas e esperanças — amizades são formadas, mistérios são revelados, destinos são selados e o felizes para sempre de outrora não é mais a garantia do futuro que foi planejado.
Com personagens únicas e uma narrativa tocante, Jojo Moyes conta uma história inesquecível que captura perfeitamente o espírito romântico e de aventura desse período da História, destacando a bravura de inúmeras mulheres que arriscaram tudo em busca de um sonho.

(AMO A JOJO,ATÉ AGORA AMEI TODOS LIVROS QUE LI DELA^^)

Pax




Peter e sua raposa são inseparáveis desde que ele a resgatou, órfã, ainda filhote. Um dia, o inimaginável acontece: o pai do menino vai servir na guerra, e o obriga a devolver Pax à natureza. Ao chegar à distante casa do avô, onde passará a morar, Peter reconhece que não está onde deveria: seu verdadeiro lugar é ao lado de Pax. Movido por amor, lealdade e culpa, ele parte em uma jornada solitária de quase quinhentos quilômetros para reencontrar sua raposa, apesar da guerra que se aproxima. Enquanto isso, mesmo sem desistir de esperar por seu menino, Pax embarca em suas próprias aventuras e descobertas.
Alternando perspectivas para mostrar os caminhos paralelos dos dois personagens centrais, Pax expõe o desenvolvimento do menino em sua tentativa de enfrentar a ferocidade herdada pelo pai, enquanto a raposa, domesticada, segue o caminho contrário, de explorar sua natureza selvagem. Um romance atemporal e para todas as idades, que aborda relações familiares, a relação do homem com o ambiente e os perigos que carregamos dentro de nós mesmos.
Pax emociona o leitor desde a primeira página. Um mundo repleto de sentimentos em que natureza e humanidade se encontram numa história que celebra a lealdade e o amor.

( prevejo fofura)

Antes De Partir




Na véspera do que esperava ser uma triunfante comemoração de três anos livre do câncer, Daisy, 27 anos, sofre um golpe devastador: seu médico lhe diz que a doença está de volta, desta vez ainda mais agressiva. Tendo apenas de quatro a seis meses de vida, ela está apavorada com o que será de seu marido, Jack, quando não estiver mais lá para cuidar dele. Esse medo tira seu sono, até que uma solução lhe vem à mente: ela precisa encontrar outra mulher para ele. Com uma determinação singular, Daisy visita parques, cafeterias e sites de relacionamento à procura do par perfeito para Jack. Mas, à medida que ela avança em sua busca, ela se vê forçada a decidir o que é mais importante no curto tempo que lhe resta: a felicidade de seu marido ou a sua própria?

(vou chorar muito!!)

As Cores Da Vida




Uma arrebatadora história sobre irmãs, rivalidade, perdão e, em última análise, o que significa ser uma família. As irmãs Winona, Aurora e Vivi Ann perderam a mãe cedo e foram criadas por um pai frio e distante. Por isso, o amor que elas conhecem vem do laço que criaram entre si. Embora tenham personalidades bastante diferentes, na verdade são inseparáveis. Winona, a mais velha e porto seguro das irmãs, nunca se sentiu em casa no rancho da família e sabe que não tem as qualidades que o pai valoriza. Mas, sendo a melhor advogada da cidade, ela está determinada a lhe provar seu valor. Aurora, a irmã do meio, é a pacificadora. Ela acalma as tensões familiares e se desdobra pela felicidade de todos – ainda que esconda os próprios problemas. E Vivi Ann é a estrela entre as três. Linda e sonhadora, tem o coração grande e indomável e é adorada por todos. Parece que em sua vida tudo dá certo. Até que um forasteiro chega à cidade... Então tudo muda. De uma hora para a outra, a lealdade que as irmãs sempre deram por certa é posta à prova. E quando segredos dolorosos são revelados e um crime abala a cidade, elas se veem em lados opostos da mesma verdade.

(esse já comprei,estou esperando chegar!!! amooo a autora !!)
 
Bem,por hoje é só,esses estou com muita vontade de ler,essa semana postarei outros da minha listinha^^

Resenha: Menina má

  e arquivado em    


Publicado originalmente em 1954, MENINA MÁ se transformou quase imediatamente em um estrondoso sucesso. Polêmico, violento, assustador eram alguns adjetivos comuns para descrever o último e mais conhecido romance de William March. Os críticos britânicos consideraram o livro apavorantemente bom. Ernest Hemingway se declarou um fã. Em menos de um ano, MENINA MÁ ganharia uma montagem nos palcos da Broadway e, em 1956, uma adaptação ao cinema indicada a quatro prêmios Oscar, incluindo o de melhor atriz para a menina Patty McComarck, que interpretou Rhoda Penmark.

Rhoda, a pequena malvada do título, é uma linda garotinha de 8 anos de idade. Mas quem vê a carinha de anjo, não suspeita do que ela é capaz. Seria ela a responsável pela morte de um coleguinha da escola? A indiferença da menina faz com que sua mãe, Christine, comece a investigar sobre crimes e psicopatas. Aos poucos, Christine consegue desvendar segredos terríveis sobre sua filha, e sobre o seu próprio passado também.

MENINA MÁ é um romance que influenciou não só a literatura como o cinema e a cultura pop. A crueldade escondida na inocência da pequena Rhoda Penmark serviria de inspiração para personagens clássicos do terror, como Damien, Chucky, Annabelle, Samara, de O Chamado, e o serial killer Dexter.

Resenha:

medonho...
uma criancinha linda,adorável, impecável... e diabólica.
um livro medonho.
Rodha é a personificação do mal ,apenas com 8 anos de idade.
leitura boa,empolgante e forte.
super recomendo.

Resenha Últimas Palavras

  e arquivado em    


Em 2010, o jornalista e polemista britânico Christopher Hitchens foi obrigado a interromper subitamente a turnê de lançamento de seu livro de memórias Hitch-22. O diagnóstico de um câncer em estado avançado determinava, então, uma guinada radical em sua vida. O intelectual bon vivant movido a nicotina e a álcool cedeu espaço a um estoico paciente em busca de cura – um empreitada frequentemente árdua e desencorajadora, mas que foi encarada com destemor por Hitchens até o fim, em dezembro de 2011.

Por meio da coluna que assinou por anos na revista Vanity Fair, Hitchens não só assumiu a doença publicamente como passou a descrever a gradual deterioração da própria saúde decorrente do tratamento por quimioterapia – sem um pingo de sentimentalismo, mas com a contundência e o humor característicos de seu estilo. A coletânea desses artigos, bem como anotações esparsas deixadas pelo autor, compõe Últimas palavras, título póstumo que chega ao Brasil no mesmo mês do lançamento mundial.

Em Últimas palavras, Hitchens, um dos grandes nomes do ateísmo moderno, ironiza detratores que associam o câncer a uma vingança divina, questiona o efeito prático das orações e revolta-se com a presença de crucifixos nos quartos de hospitais religiosos – mas se mostra grato pelas manifestações de solidariedade recebidas de pessoas das mais diversas crenças. Observador arguto do comportamento humano, reflete sobre como as pessoas tratam vítimas do câncer e arrisca sarcásticas dicas de etiqueta para esses casos. Defensor da ciência e da razão, comenta os avanços da medicina com admiração e uma ponta de esperança, enquanto critica o modus operandi das instituições e profissionais de saúde.

Ao escrever sobre si mesmo diante da expectativa da morte, Hitchens revela admirável desprendimento. Sem autopiedade, e com a mesma honestidade com que detalha sua decrepitude física, põe em xeque antigas convicções (como o enunciado nietzscheano “o que não me mata me fortalece”, que deixou de ter sentido para o autor depois das altamente debilitantes sessões quimioterápicas). A coragem da transparência, que havia pautado toda uma vida, manteve-se inalterada até o fim, como atestam as últimas – e talvez as melhores – palavras de Christopher Hitchens.

RESENHA:


Duro e real
os últimos momentos de um grande intelectual é descrito por ele ,de forma realista ,que qualquer pessoa que perdeu um ente querido para o câncer sabe que dura a trajetória da doença a morte.
Um livro que mostra que um ateu pode passar por uma situação de doença ,sem se apagar a ilusões e deuses .
Como atéia me senti fortalecida com essa leitura.

Resenha Crime e Castigo

  e arquivado em    


Publicado em 1866, Crime e Castigo é a obra mais célebre de Fiódor Dostoiévski. Neste livro, Raskólnikov, um jovem estudante, pobre e desesperado, perambula pelas ruas de São Petesburgo até cometer um crime que tentará justificar por uma teoria: grandes homens, como César e Napoleão, foram assassinos absolvidos pela História. Este ato desencadeia uma narrativa labiríntica que arrasta o leitor por becos, tabernas e pequenos cômodos, povoados de personagens que lutam para preservar sua dignidade contra as várias formas da tirania.
Resenha: Sem palavras!! como toda a obra de Dostoiévski, crime e castigo é forte,realista e verdadeiro. Me Ví muitas vezes no lugar de Raskólnikov, tendo que lidar com a culpa . livro maravilhoso. Clássico!! muitos falavam que o livro era muito duro,e é...porém o leitor se sente engajado na pele do Raskólnikov,sofrendo suas culpas . Um livro maravilhoso!!

Resenha Loney

  e arquivado em    


Quando os restos mortais de uma criança são descobertos durante uma tempestade de inverno numa extensão da sombria costa da Inglaterra conhecida como Loney, Smith é obrigado a confrontar acontecimentos terríveis e misteriosos ocorridos quarenta anos antes, quando ainda era criança e visitou o lugar.
À época, a mãe de Smith arrastou a família para aquela região numa peregrinação de Páscoa com o padre Bernard, cujo antecessor, Wilfred, morrera pouco tempo antes. Cabia ao jovem sacerdote liderar a comunidade até um antigo santuário, onde a obstinada sra. Smith crê que irá encontrar a cura para o filho mais velho, um garoto mudo e com problemas de aprendizagem. 
O grupo se instala na Moorings, uma casa fria e antiga, repleta de segredos. O clima é hostil, os moradores do lugar, ameaçadores, e uma aura de mistério cerca os desconhecidos ocupantes de Coldbarrow, uma faixa de terra pouco acessível, diariamente alagada na alta da maré. A vida dos irmãos acaba se entrelaçando à dos excêntricos vizinhos com intensidade e complexidade tão imperativas quanto a fé que os levou ao Loney, e o que acontece a partir daí se torna um fardo que Smith carrega pelo resto da vida, a verdade que ele vai sustentar a qualquer preço.
Com personagens ricos e idiossincráticos, um cenário sombrio e a sensação de ameaça constante, Loney é uma leitura perturbadora e impossível de largar, que conquistou crítica e público. Uma história de suspense e horror gótico, ricamente inspirada na criação católica do autor, no folclore e na agressiva paisagem do noroeste inglês. 

Resenha:

Aquele livro que você estava super ansioso para ler ...e quando ler: decepção
A história prende pela tensão dos fatos,porém no final do livro ,você tem uma grande decepção .
Eu acho que esse livro ,tinha tudo pra ser bom,porém o autor se perde ...
Particularmente,não gostei do livro.



PRA CIMA!